DE FAXINEIRA A UM IMPÉRIO MULTIMILIONÁRIO DE R$ 150 MILHÕES

DE FAXINEIRA A UM IMPÉRIO MULTIMILIONÁRIO DE R$ 150 MILHÕES

Seu nome é Heloísa Helena Belém de Assis Marinho, mas ficou conhecida mesmo por todos como Zica Assis. Mulher, negra e nascida em uma comunidade humilde no Rio de Janeiro, entendeu desde cedo o que poderia enfrentar na vida. Com uma persistência incrível, criou uma das maiores referências nacionais e internacionais em serviços de salão de beleza, o Beleza Natural. Um negócio que se propôs desde o início a não oferecer apenas produtos para cabelos afro, e sim devolver a autoestima a milhares de mulheres.


Pai biscateiro e mãe lavadeira, Zica dividia um barraco com mais 12 irmãos na favela do Catumbi, no Rio de Janeiro. Batalhadora desde criança, começou a trabalhar como babá aos 9 anos de idade. Os irmãos maiores tinham a responsabilidade de cuidar dos menores, por isso Zica já chegou a passar fome. Também realizou diversos trabalhos domésticos em casas e mansões ricas do Rio, como empregada doméstica e faxineira, além de lavar e passar roupas para fora.


As dificuldades na vida da empreendedora se tornavam mais espinhosas ao enfrentar o preconceito que confrontava suas características raciais. Nos anos 70, o auge do Black Power, Zica fazia sucesso exibindo seu “pêlo” alto com a ajuda do companheiro pente-garfo e ganhando concursos em bailes da comunidade. No entanto, quando descia o morro era constantemente barrada em trabalhos e questionada sobre a higiene e a aparência do cabelo, vendo-se obrigada a usar lenços, cortar e mesmo alisar para conseguir trabalhar.


Sua frustração só crescia ao entrar nos supermercados e nos salões de beleza e nunca encontrar produtos que fossem direcionados para seu tipo de cabelo. Aos 21 anos, na época trabalhando como faxineira, ficou sabendo de um curso de cabeleireiro oferecido pela igreja da comunidade e matriculou-se na mesma hora. Foi durante o curso que Zica passou a se dedicar à invenção de uma fórmula capilar por conta própria, e que pudesse revelar a forma original do seu cabelo.


Foram 10 anos com as misturas sendo feitas em uma bacia de alumínio e usando uma colher de pau. Entre erros e acertos, depois de quase ficar careca testando as fórmulas em si mesma e no irmão mais novo, sua vida mudou quando um elogio inesperado veio: “Zica do céu! O que foi que você passou no seu cabelo? Eu quero passar no meu também. Está lindo”. Ela nunca havia escutado um elogio sobre seu cabelo antes.


Decidida a investir na fórmula que havia inventado, recebeu ajuda de uma profissional em química para aperfeiçoar o produto que viria a ser chamado de Super Relaxante, o carro-chefe de sua rede Beleza Natural.
Aos 33 anos, a empreendedora juntou suas poucas economias e somou à venda do fusca usado pelo marido como Táxi. Naquele momento, Leila Velez e o irmão Rogério também entraram no negócio como sócios, e com um total de R$ 4.200 abriram o primeiro salão em 1993, na Zona Norte carioca, com o nome de Beleza Natural.


Os sócios Leila e Rogério, que trabalhavam no McDonald’s, levaram ao primeiro salão o modelo de linha de montagem, onde as clientes eram submetidas a uma triagem antes de serem encaminhadas para o tratamento capilar. O negócio foi crescendo no boca a boca e com fila na porta. Em dois anos de funcionamento, as primeiras filiais foram inauguradas em Jacarepaguá e Duque de Caxias.


Todo material promocional, decoração das lojas e rótulos dos produtos buscam mostrar e exaltar mulheres negras e morenas. O sucesso permitiu que um Centro de Desenvolvimento Técnico fosse aberto para o treinamento dos funcionários, além de um laboratório de pesquisas no Rio de Janeiro. Em 2004, investiu em uma fábrica própria, Cor Brasil Cosméticos, onde produz o Super Relaxante e outros 45 produtos vendidos no instituto.


A primeira filial fora do Rio de Janeiro foi aberta em Vitória/ES, além de passar a integrar o time da Endeavor, profissionalizando a gestão do Beleza Natural e buscando cada vez mais a expansão. Os números atuais demonstram que o Instituto Beleza Natural já é uma referência no setor de cosméticos segmentados, com 3 mil colaboradores e 130 mil clientes atendidas por mês nas mais de 40 unidades da rede espalhadas em cinco estados brasileiros. Já o faturamento anual chega a R$ 150 milhões.
Em 2017, a empreendedora iniciou um processo de expansão internacional, levando o sucesso do seu negócio para Nova York. E foi eleita pela revista americana Forbes, uma das 10 mulheres de negócios mais poderosas do Brasil.


Fonte: 99 empreendedores

Cristina Cruz - Mentora
[email protected] | Website | + posts

Idealizadora e CEO do Mulheres Milionárias. Mentora de negócios e carreira. Investidora internacional em três categorias (finanças, negócios, capital humano). Business advisor. Empreendedora nata. Especialista em comportamento humano. Desenvolveu um método que trabalha mindset milionário, empreendedorismo e felicidade simultaneamente. Após superar diversos abusos na infância e adolescência e também a dois atentados contra a sua vida, sua missão e propósito é transformar vidas pelo mundo ensinando que é possível virar o jogo.

Cristina Cruz - Mentora

Idealizadora e CEO do Mulheres Milionárias. Mentora de negócios e carreira. Investidora internacional em três categorias (finanças, negócios, capital humano). Business advisor. Empreendedora nata. Especialista em comportamento humano. Desenvolveu um método que trabalha mindset milionário, empreendedorismo e felicidade simultaneamente. Após superar diversos abusos na infância e adolescência e também a dois atentados contra a sua vida, sua missão e propósito é transformar vidas pelo mundo ensinando que é possível virar o jogo.

Deixe uma resposta

ArabicEnglishFrenchItalianPortugueseSpanish
Instagram
Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us