Saiba porque fazer maquiagem agora também é empoderamento

Saiba porque fazer maquiagem agora também é empoderamento

É inegável que no passado a maquiagem foi sinônimo de padronização da beleza e, no passar dos anos, cada vez mais ela foi usada como uma “máscara” para a realidade. Escondendo os considerados “defeitos” das mulheres, maquiando características que não eram consideradas eurocentristas, como o nariz largo, por exemplo, criando o contorno para tornar o rosto mais fino, entre outras técnicas. Entretanto, chegamos a um momento da história em que transformamos essa técnica que costumava segregar e tiranizar as mulheres, em ferramenta ao favor do empoderamento feminino e também da diversidade como um todo. Veja abaixo algumas situações que comprovam que fazer maquiagem hoje também é se empoderar.

Usamos as cores e formas que queremos e não mais aquilo que a mídia diz que “podemos” usar

Hoje abusamos das cores, brincamos com estilos, aumentamos o tamanho da boca, mudamos o formato dos olhos, fazemos absolutamente o que queremos, sem dar ouvidos àquilo que podemos fazer dentro das nossas características faciais. Fazemos o que queremos fazer usando a maquiagem e pronto.

Fazemos maquiagem para nos divertir, reinventar e não para agradar os homens

As mulheres hoje fazem maquiagem para si mesmas, para se sentirem mais empoderadas, para inovar, para se expressar… já não existe mais aquela máxima de que mulher só faz maquiagem para “achar marido”. Prova disso é que muitas vezes você sai para encontrar apenas as suas amigas e se monta inteira, né!?

Transformamos a maquiagem em uma ferramenta para realçar a nossa beleza e não esconder “defeitos”

Por muito tempo a maquiagem foi a máscara para esconderem características que eram consideradas defeitos, hoje muitas mulheres sabem como manipular a maquiagem para valorizar os detalhes que têm de mais lindos. Sabem como destacar os olhos grandes, como marcar a boca larga, tudo dentro de um exercício para aprender a se amar mais a cada dia, abraçando as próprias características, sendo elas consideradas padrão ou não.

Enquanto os homens dizem que nos preferem “naturais”, estamos cada vez mais caprichando no carão

Quem é que nunca ouviu de um homem “aí, mas você exagera na maquiagem, né?!” e no dia seguinte saiu com aquele bocão vermelho, contorno e olhos mega sombreados? Pois é, chegamos a um ponto em que simplesmente não estamos nem aí com a opinião dos homens, queremos o que queremos, o que é melhor para nós mesmas.

Estamos criando marcas, nos tornando CEOs, mulheres ditando as novas regras da beleza: não ter regras

Hoje temos mulheres a frente de marcas de cosméticos, dizendo o que é que buscamos de verdade, derrubando as regras que por muito tempo nos manipulou. Hoje diversas marcas são representadas por nós, mulheres, que usamos essas maquiagens. É por meio dessa abertura que começamos a fazer a diferença e a poder usar a maquiagem a nosso favor e não contra nós.

Negras agora podem encontrar maquiagens para o seu tom de pele

Por diversos anos mulheres de pele negra não tinham acesso a maquiagem simplesmente porque não eram representadas no mundo da beleza e, embora os passos da mudança sejam curtos, eles podem ser vistos. Conseguimos ser ouvidas e trazer a diversidade para a maquiagem também.

Hoje homens também usam maquiagens

Falando em diversidade, está cada vez mais comum homens usando maquiagem, seja algo mais discreto ou escandalizando mesmo. Isso prova que o empoderamento não é só das mulheres, o empoderamento é geral e o movimento de não ter regras é, de fato, a regra máxima.

Aos poucos estamos desconstruindo padrões e usando uma ferramenta anteriormente de segregação para empoderar as pessoas. Fazer maquiagem, algo que parece tão simples ou mesmo fútil é agora mais uma maneira de nos expressar.

Fonte: MSN

Cristina Cruz - Mentora
[email protected] | Website | + posts

Idealizadora e CEO do Mulheres Milionárias. Mentora de negócios e carreira. Investidora internacional em três categorias (finanças, negócios, capital humano). Business advisor. Empreendedora nata. Especialista em comportamento humano. Desenvolveu um método que trabalha mindset milionário, empreendedorismo e felicidade simultaneamente. Após superar diversos abusos na infância e adolescência e também a dois atentados contra a sua vida, sua missão e propósito é transformar vidas pelo mundo ensinando que é possível virar o jogo.

Cristina Cruz - Mentora

Idealizadora e CEO do Mulheres Milionárias. Mentora de negócios e carreira. Investidora internacional em três categorias (finanças, negócios, capital humano). Business advisor. Empreendedora nata. Especialista em comportamento humano. Desenvolveu um método que trabalha mindset milionário, empreendedorismo e felicidade simultaneamente. Após superar diversos abusos na infância e adolescência e também a dois atentados contra a sua vida, sua missão e propósito é transformar vidas pelo mundo ensinando que é possível virar o jogo.

Deixe uma resposta

ArabicEnglishFrenchItalianPortugueseSpanish
Instagram
Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us